APERTE O LINK ABAIXO PARA O ARQUIVO EM PDF:

https://jesussacerdote.org.br/wp-content/uploads/2020/04/Oração-pessoal-Hora-Santa-2020.pdf

CONGREGAÇÃO DE JESUS SACERDOTE

Subsídio para oração pessoal (Hora Santa no Getsêmani)

 

União ao sacrifício de Jesus

 

Graças e louvores se deem a todo momento.

Ao Santíssimo e diviníssimo Sacramento.

 

Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo.

Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

Jesus, Cordeiro de Deus, continuamente imolado sobre os Altares do mundo, eu me uno a Vós.

Jesus, Cordeiro de Deus, ainda agora imolado em cada pessoa que sofre, eu me uno a Vós.

Jesus Cordeiro de Deus, eternamente celebrado na Liturgia do céu, eu me uno a Vós.

 

(Momento de silencio e oração)

 

Evangelho de Jesus no horto das Oliveiras

O Cristo do Getsêmani, Sofredor e só, quer tornar-se palavra viva de Deus, em nossa vida! Meditemos o Santo Evangelho que irá nos colocar diante da experiência dolorosa do horto das oliveiras.

 

Evangelho de Jesus Cristo Segundo Mateus:

Então Jesus foi com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse: ‘Sentai-vos aqui, enquanto eu vou até ali para rezar!’ Jesus levou consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, e começou a ficar triste e angustiado. Então Jesus lhes disse: ‘Minha alma está triste até á morte. Ficai aqui e vigiai comigo!’ Jesus foi um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto por terra e rezou: ‘Meu Pai, se é possível, afaste-se de mim este cálice. Contudo, não seja feito como eu quero, mas sim como tu queres.’ Voltando para junto dos discípulos, Jesus encontrou-os dormindo, e disse a Pedro: ‘Vós não fostes capazes de fazer uma hora de vigília comigo? Vigiai e rezai, para não cairdes em tentação; pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca.’ Jesus se afastou pela segunda vez e rezou: ‘Meu Pai, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, seja feita a tua vontade!’ Ele voltou de novo e encontrou os discípulos dormindo, porque seus olhos estavam pesados de sono. Deixando-os, Jesus afastou-se e rezou pela terceira vez, repetindo as mesmas palavras. Então voltou para junto dos discípulos e disse: ‘Agora podeis dormir e descansar. Eis que chegou a hora e o Filho do Homem é entregue nas mãos dos pecadores. Levantai-vos! Vamos! Aquele que me vai trair, já está chegando.’

Palavra da Salvação. Glória vós Senhor!

(Momento de silencio e oração)

Oração de Adoração a Jesus Sacramentado

Adoramos o Coração sacerdotal, não considerado separadamente, mas enquanto vivo, sensível, unido hipostaticamente com a alma e a pessoa do Verbo e consagrado Sumo Pontífice pela presença da Santíssima Trindade. Adoramos este Coração sacerdotal que ofereceu a Deus Pai um holocausto de infinito valor.

Adoramos este Coração sacerdotal que instituiu o Sacramento da Ordem, partilhando aos homens sua inefável dignidade.

Adoramos este Coração sacerdotal que todos os dias é levantado sobre o Altar por mãos consagradas, enquanto, por meio de seus Ministros, continua a exercer o seu Sacerdócio, oferecendo-se a si mesmo, como oblação perene.

Nós te adoramos Senhor!

 

(Momento de silencio e oração)

 

Ato de união e reparação ao Coração Sacerdotal de Jesus

 (Inspirado nos escritos de Padre Mário Venturini)

Primeira Oração

Senhor Jesus, tu és Sacerdote porque ofereceu a si mesmo como sacrifício, tu és o sacerdote perfeito e pleno, porque ofereceste o único holocausto para glória de Deus e para a Salvação do Gênero Humano. Queremos fazer parte do teu corpo místico, para que unidos a ti, ofereçamos a Deus Pai os nossos sacrifícios e imolações. Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

Segunda Oração

Os atos e virtudes que pertencem ao Sacerdócio procedem do teu amor ardente, isto é, do seu Coração, que justamente por isso se chama sacerdotal. Todas as vossas ações saíram do seu Coração Sacerdotal, principalmente a decisão de oferece-se como vítima por nossos pecados. Por isso, queremos estar unidos ao teu Coração Sacerdotal! Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

Terceira Oração

O vosso Coração, é sacerdotal, principalmente porque o Sacrifício, jorrou da ardentíssima caridade do teu Coração. Dai-nos a graça de conhecer em intimidade o teu amor divino, para que com todo empenho cresçamos na caridade! Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

Quarta Oração

O profundo amor que te devorava, ó Jesus, desde o início da sua encarnação, ia cumprindo-se pela sua total entrega, porque continuamente se oferecia a si mesmo a Deus, como hóstia imaculada de amor, e se imolava misteriosamente sobre o altar do seu coração. O vosso próprio Coração era ao mesmo tempo Sacerdote, Vítima e Altar. Que o nosso Coração seja semelhante ao teu, no desejo de entrega-se inteiramente ao Pai.  Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

Quinta Oração

O Sacrifício da Cruz: Eis o Centro de todos os desejos do vosso Coração Sacerdotal! Eis a mais autêntica ação sacrifical do próprio Coração. Para os Hebreus, o coração é o lugar da decisão, por isso, tu disseste: Ninguém tira a minha vida, mas eu a dou livremente! Por isso, a vontade nascida do seu Coração é verdadeiramente sacerdotal, foi no seu coração que decidiste oferecer o sacrifício cruento da cruz, inteiramente consumado por entre as chamas do amor, como um holocausto ao Altíssimo!  Por isso, Reine Senhor em nossos corações! Para que a nossa única vontade seja servir ao Pai! Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

(Momento de silencio e oração)

 

Oração Sacerdotal De Jesus (Jo 17)

Pai, chegou a hora. Glorifica teu Filho, para que teu Filho te glorifique, a fim de que dê a vida eterna a todos os que lhe deste.

Eu te glorifiquei na terra realizando a obra que me deste para fazer.

Pai, manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste, e eles guardaram a tua palavra.

Pai Santo, guarda-os em teu nome, para que eles sejam um, como nós somos um e tenham em si a minha alegria em plenitude. Eu não rogo que os tires do mundo, mas que os guarde do maligno.

Consagra-os pela verdade: a tua palavra é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, eu também os enviei ao mundo. Eu me consagro por eles, a fim de que também eles sejam consagrados na verdade.

Eu não rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela palavra deles. Que todos sejam um, como tu, Pai, estás em mim, e eu em ti. Que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.

Eu neles e tu em mim, para que sejam perfeitamente unidos e o mundo conheça que os amaste antes da criação do universo.

Pai, quero que estejam comigo aqueles que me deste, para que contemplem a minha glória. Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o farei conhecer ainda, para que o amor com que me amaste esteja neles e eu mesmo esteja neles.

Amém.

 

(Momento de silencio e oração)

 

ORAÇÃO PELOS SACERDOTES

Divino Salvador Jesus Cristo, que confiaste a obra da tua redenção e da salvação eterna do gênero humano aos Sacerdotes, sendo eles teus representantes, lhe ofereço pelas mãos de sua santíssima Mãe as orações, ações, alegrias e sofrimentos deste dia pela santificação dos Sacerdotes e dos aspirantes ao sacerdócio do mundo inteiro.

Divino Salvador concede-nos Sacerdotes santos, a fim de que, inflamados pelo fogo do teu amor, não procurem outra coisa a não ser a tua maior glória e a salvação das almas.

Preserva-os das insídias e dos perigos, e guarda-os do mal, para que perseverem fielmente na sua santa vocação.

Maria Santíssima, Mãe dos Sacerdotes, acolhe os sacerdotes e os aspirantes ao sacerdócio debaixo da tua especial proteção. Amém.

 

Conclusão

Que o Senhor nos abençoe e nos guarde, nos livre de todo mal, e nos conduza a vida eterna!

Todos: Amém

União ao sacrifício de Jesus

 

Graças e louvores se deem a todo momento.

Ao Santíssimo e diviníssimo Sacramento.

 

Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo.

Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

Jesus, Cordeiro de Deus, continuamente imolado sobre os Altares do mundo, eu me uno a Vós.

Jesus, Cordeiro de Deus, ainda agora imolado em cada pessoa que sofre, eu me uno a Vós.

Jesus Cordeiro de Deus, eternamente celebrado na Liturgia do céu, eu me uno a Vós.

 

(Momento de silencio e oração)

 

Evangelho de Jesus no horto das Oliveiras

O Cristo do Getsêmani, Sofredor e só, quer tornar-se palavra viva de Deus, em nossa vida! Meditemos o Santo Evangelho que irá nos colocar diante da experiência dolorosa do horto das oliveiras.

 

Evangelho de Jesus Cristo Segundo Mateus:

Então Jesus foi com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse: ‘Sentai-vos aqui, enquanto eu vou até ali para rezar!’ Jesus levou consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, e começou a ficar triste e angustiado. Então Jesus lhes disse: ‘Minha alma está triste até á morte. Ficai aqui e vigiai comigo!’ Jesus foi um pouco mais adiante, prostrou-se com o rosto por terra e rezou: ‘Meu Pai, se é possível, afaste-se de mim este cálice. Contudo, não seja feito como eu quero, mas sim como tu queres.’ Voltando para junto dos discípulos, Jesus encontrou-os dormindo, e disse a Pedro: ‘Vós não fostes capazes de fazer uma hora de vigília comigo? Vigiai e rezai, para não cairdes em tentação; pois o espírito está pronto, mas a carne é fraca.’ Jesus se afastou pela segunda vez e rezou: ‘Meu Pai, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, seja feita a tua vontade!’ Ele voltou de novo e encontrou os discípulos dormindo, porque seus olhos estavam pesados de sono. Deixando-os, Jesus afastou-se e rezou pela terceira vez, repetindo as mesmas palavras. Então voltou para junto dos discípulos e disse: ‘Agora podeis dormir e descansar. Eis que chegou a hora e o Filho do Homem é entregue nas mãos dos pecadores. Levantai-vos! Vamos! Aquele que me vai trair, já está chegando.’

Palavra da Salvação. Glória vós Senhor!

(Momento de silencio e oração)

Oração de Adoração a Jesus Sacramentado

Adoramos o Coração sacerdotal, não considerado separadamente, mas enquanto vivo, sensível, unido hipostaticamente com a alma e a pessoa do Verbo e consagrado Sumo Pontífice pela presença da Santíssima Trindade. Adoramos este Coração sacerdotal que ofereceu a Deus Pai um holocausto de infinito valor.

Adoramos este Coração sacerdotal que instituiu o Sacramento da Ordem, partilhando aos homens sua inefável dignidade.

Adoramos este Coração sacerdotal que todos os dias é levantado sobre o Altar por mãos consagradas, enquanto, por meio de seus Ministros, continua a exercer o seu Sacerdócio, oferecendo-se a si mesmo, como oblação perene.

Nós te adoramos Senhor!

 

(Momento de silencio e oração)

 

Ato de união e reparação ao Coração Sacerdotal de Jesus

 (Inspirado nos escritos de Padre Mário Venturini)

Primeira Oração

Senhor Jesus, tu és Sacerdote porque ofereceu a si mesmo como sacrifício, tu és o sacerdote perfeito e pleno, porque ofereceste o único holocausto para glória de Deus e para a Salvação do Gênero Humano. Queremos fazer parte do teu corpo místico, para que unidos a ti, ofereçamos a Deus Pai os nossos sacrifícios e imolações. Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

Segunda Oração

Os atos e virtudes que pertencem ao Sacerdócio procedem do teu amor ardente, isto é, do seu Coração, que justamente por isso se chama sacerdotal. Todas as vossas ações saíram do seu Coração Sacerdotal, principalmente a decisão de oferece-se como vítima por nossos pecados. Por isso, queremos estar unidos ao teu Coração Sacerdotal! Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

Terceira Oração

O vosso Coração, é sacerdotal, principalmente porque o Sacrifício, jorrou da ardentíssima caridade do teu Coração. Dai-nos a graça de conhecer em intimidade o teu amor divino, para que com todo empenho cresçamos na caridade! Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

Quarta Oração

O profundo amor que te devorava, ó Jesus, desde o início da sua encarnação, ia cumprindo-se pela sua total entrega, porque continuamente se oferecia a si mesmo a Deus, como hóstia imaculada de amor, e se imolava misteriosamente sobre o altar do seu coração. O vosso próprio Coração era ao mesmo tempo Sacerdote, Vítima e Altar. Que o nosso Coração seja semelhante ao teu, no desejo de entrega-se inteiramente ao Pai.  Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

Quinta Oração

O Sacrifício da Cruz: Eis o Centro de todos os desejos do vosso Coração Sacerdotal! Eis a mais autêntica ação sacrifical do próprio Coração. Para os Hebreus, o coração é o lugar da decisão, por isso, tu disseste: Ninguém tira a minha vida, mas eu a dou livremente! Por isso, a vontade nascida do seu Coração é verdadeiramente sacerdotal, foi no seu coração que decidiste oferecer o sacrifício cruento da cruz, inteiramente consumado por entre as chamas do amor, como um holocausto ao Altíssimo!  Por isso, Reine Senhor em nossos corações! Para que a nossa única vontade seja servir ao Pai! Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Como era no princípio agora e sempre. amém.

 

(Momento de silencio e oração)

 

Oração Sacerdotal De Jesus (Jo 17)

Pai, chegou a hora. Glorifica teu Filho, para que teu Filho te glorifique, a fim de que dê a vida eterna a todos os que lhe deste.

Eu te glorifiquei na terra realizando a obra que me deste para fazer.

Pai, manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste, e eles guardaram a tua palavra.

Pai Santo, guarda-os em teu nome, para que eles sejam um, como nós somos um e tenham em si a minha alegria em plenitude. Eu não rogo que os tires do mundo, mas que os guarde do maligno.

Consagra-os pela verdade: a tua palavra é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, eu também os enviei ao mundo. Eu me consagro por eles, a fim de que também eles sejam consagrados na verdade.

Eu não rogo somente por eles, mas também por aqueles que vão crer em mim pela palavra deles. Que todos sejam um, como tu, Pai, estás em mim, e eu em ti. Que eles estejam em nós, a fim de que o mundo creia que tu me enviaste.

Eu neles e tu em mim, para que sejam perfeitamente unidos e o mundo conheça que os amaste antes da criação do universo.

Pai, quero que estejam comigo aqueles que me deste, para que contemplem a minha glória. Eu lhes fiz conhecer o teu nome, e o farei conhecer ainda, para que o amor com que me amaste esteja neles e eu mesmo esteja neles.

Amém.

 

(Momento de silencio e oração)

 

ORAÇÃO PELOS SACERDOTES

Divino Salvador Jesus Cristo, que confiaste a obra da tua redenção e da salvação eterna do gênero humano aos Sacerdotes, sendo eles teus representantes, lhe ofereço pelas mãos de sua santíssima Mãe as orações, ações, alegrias e sofrimentos deste dia pela santificação dos Sacerdotes e dos aspirantes ao sacerdócio do mundo inteiro.

Divino Salvador concede-nos Sacerdotes santos, a fim de que, inflamados pelo fogo do teu amor, não procurem outra coisa a não ser a tua maior glória e a salvação das almas.

Preserva-os das insídias e dos perigos, e guarda-os do mal, para que perseverem fielmente na sua santa vocação.

Maria Santíssima, Mãe dos Sacerdotes, acolhe os sacerdotes e os aspirantes ao sacerdócio debaixo da tua especial proteção. Amém.

 

Conclusão

Que o Senhor nos abençoe e nos guarde, nos livre de todo mal, e nos conduza a vida eterna!

Todos: Amém

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here